Posts com Tag ‘moral’



Um mestre do Oriente viu quando um escorpião estava se afogando e decidiu tirá-lo da água, mas quando o fez, o escorpião o picou. Pela reação de dor, o mestre o soltou e o animal caiu de novo na água e estava se afogando de novo. O mestre tentou tirá-lo novamente e novamente o animal o picou. Alguém que estava observando se aproximou do mestre e lhe disse:
— Desculpe-me, mas você é teimoso! Não entende que todas às vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?
O mestre respondeu:
— A natureza do escorpião é picar, e isto não vai mudar a minha, que é ajudar.
Então, com a ajuda de uma folha o mestre tirou o escorpião da água e salvou sua vida.

Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal; apenas tome precauções. Algumas pessoas perseguem a felicidade a todo custo, outros a criam. Preocupe-se mais com sua consciência do que com a sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, o que os outros pensam, não é problema seu… é problema dos outros.



Já se olhou no espelho hoje?
Não falo do espelho do banheiro e sim do espelho da moral.
Antes de acusar e apontar erros, quantas vezes você já se perguntou, e se fosse comigo?
Eu tenho um pensamento que sempre volta a minha mente, que é o seguinte:

Quanto mais eu observo as pessoas, mas eu vejo como não devo me comportar.

A maioria das vezes é muito fácil apontar os erros dos outros, mas você já parou para pensar se na mesma situação você não faria o mesmo? Ou então, será que você não já cometeu o mesmo erro?

Já dizia o grande governador da terra: Quem não tem pecados, que atire a primeira pedra. Antes de julgar, experimente olhar através do espelho da moral, veja se você tem moral suficiente para apontar qualquer erro de alguém. Não julgue para não ser julgado, não que você seja conivente com erros, devemos sim aconselhar para o bem, mas condenar nunca. Será  temos isenção suficiente para isso?
Quem erra precisa de ajuda para se levantar e seguir em frente, assumindo seus erros e evoluindo para vida.

Você pode se indignar observando o comportamento de algumas pessoas, mas você já se pôs à prova no espelho da moral?